DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS? – Carta Aberta à população

Dois pesos

Após sete meses de luta, duas greves e recente ameaça de corte de pontos, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat), ainda amarga o descumprimento da Data-Base, Lei que garante o reajuste salarial a cada mês de março. Até o momento, apenas um encontro, por força de convocação, aconteceu entre o Sindicato e a gestão, quando foi anunciado que nada seria pago, em decorrência da crise financeira. A falta de receita, contudo, não afeta de maneira igual a todos os servidores.

Com base em documentos públicos, o Sinsenat chegou à conclusão de que há, na verdade, uma seletividade do poder executivo municipal com o orçamento disponível. O fato é que, enquanto a Data-Base é negada, a Prefeitura comprometeu, mesmo sob o véu da austeridade econômica, mais de R$ 11 milhões, somente com os auditores fiscais. O valor é devido ao Prêmio por Desempenho Fiscal, instituído neste ano, inclusive com valores retroativos a 2013.

Mas existe outro pagamento, firmado neste mesmo período de crise, que chama ainda mais a atenção dos servidores grevistas: a reposição inflacionária de 7%, a ser implantada em 2016. O que causa surpresa é a natureza da concessão, já que a compensação das perdas salariais é justamente a causa da paralisação dos serviços dos filiados ao Sinsenat. O grande questionamento, mais uma vez, é a possibilidade de arcar com custos de apenas uma categoria em detrimento das demais, quando a reivindicação é a mesma.

Apesar de ser evidentemente desfavorecido, o Sinsenat, como Sindicato envolvido em tantas causas trabalhistas, deixa clara sua compreensão acerca da validade de todas as lutas e esclarece que não tem intenção de diminuir a importância do serviço dos auditores fiscais do município. Contudo, acredita que é a Prefeitura que desvaloriza mais de 32 categorias, ao negligenciar seus direitos e trata-los de maneira tão diferente: sem propostas de negociação e com ameaça de corte de pontos.

Desta maneira, registra que a greve será mantida por tempo indeterminado e que somente a instalação de uma mesa de negociação pode mudar o cenário atual.

Categorias: Notícias do Sinsenat

Acompanhe as notícias do Sinsenat

Acompanhe e divulgue as notícias do Sinsenat nas redes e mídias sociais

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s