Domingo de música e conscientização na Área de Lazer do Sinsenat

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído no dia 18 de maio, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) realizaram, no último domingo (17), na Área de Lazer, um momento de conscientização da família, envolvendo servidores e crianças em atividades lúdicas e educativas.

O evento foi dividido em duas partes, ambas conduzidos pelo Liege Silveira, educadora social e diretora de formação da Escola de Formação Política Cidadã do Sinsenat. No primeiro momento, foi a vez das crianças aprenderem sobre o tema, bem como os cuidados necessários para sua proteção. A partir de seu entendimento, elas confeccionaram cartazes e, ainda, a rosa que simboliza a luta contra o problema.

Em seguida, os pais foram convidados a participar. As crianças entregaram as rosas para os servidores, em uma simbologia sobre a importância da presença da família para coibir a prática abusiva contra os jovens. Em seguida, foi aberto um debate para os adultos, no qual foram explanados os sinais comportamentais de seus filhos aos quais devem estar atentos, no caso de ocorrência dos crimes.

O dia foi finalizado ao som de samba e pagode de mesa, na tradicional confraternização dominical do Sindicato.

História

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O  “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

Abuso x Exploração

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

IMG_1613 IMG_1612 IMG_1607 IMG_1608 IMG_1609 IMG_1610 IMG_1606 IMG_1605 IMG_1604 IMG_1603 IMG_1600 IMG_1598 IMG_1597 IMG_1596 DSCN1137 DSCN1138 DSCN1139 DSCN1141 IMG_1595 DSCN1136 DSCN1135 DSCN1132 DSCN1131 DSCN1129 DSCN1127 DSCN1126 DSCN1123 DSCN1121 DSCN1120 DSCN1118

Categorias: Notícias do Sinsenat

Acompanhe as notícias do Sinsenat

Acompanhe e divulgue as notícias do Sinsenat nas redes e mídias sociais

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s